Um áudio com uma discussão intensa em que supostamente a cantora Daniela Araújo discute com o namorado, Victor Romanini, por causa do uso de drogas está percorrendo as redes sociais e gerando enorme rebuliço.

O áudio, publicado por Romanini na última segunda-feira, 07 de agosto, às 19h29 em sua página no Facebook, mostra uma discussão entre ele, um rapaz chamado Felipe e uma mulher. A voz feminina, atribuída a Daniela Araújo, é bastante parecida com a da cantora.

Furiosa, Daniela Araújo profere palavrões e outros termos depreciativos para criticar a atitude do Romanini, que pelo que se compreende da discussão, teria surpreendido o repasse de drogas de Felipe para a cantora. “Você ameaçou ele de polícia, seu babaca!”, berra a mulher durante a discussão.

A discussão progride e Romanini tenta dialogar com Felipe, dizendo que não poderia fechar os olhos para a situação, pois drogas não fazem bem, e o rapaz, contrariado, diz que não vai poder se manter “amigo da Dani” numa circunstância como aquela.

Em outro momento da discussão, Daniela Araujo pede perdão a Felipe pela situação, insiste que ele entre em seu carro para que possam resolver o problema longe de Romanini, mas o rapaz pede a ela para ter calma, enquanto ela se refere ao namorado como “criança”.

Victor Romanini insiste na discussão afirmando que é evangélico, que o “vício é pecado” e diante das provocações de Daniela, pondera que “se eu denunciar, você sabe o problema que isso vai dar”, ao passo que a cantora responde: “Denuncia! Seu filho da p… Vamos ver onde você vai chegar com isso, eu não tenho medo de você, não, seu fraco, babaca. Eu estou com medo de você, não quero ver você na minha frente”.

Enquanto Felipe tenta arrefecer os ânimos, Romanini se dirige a Daniela e diz: “Eu tirei droga da sua mão. Eu quero seu bem”. Nesse ponto, até o suposto traficante, Felipe, diz: “A intenção dele é boa”.

Descontrolada, Daniela pede que Felipe reviste Romanini e diz: “Eu quero que você morra”. Depois da discussão, Victor Romanini usou as redes sociais para expor a situação ao público e destacou que sua atitude foi tomada por não se conformar que o dinheiro dos cachês da cantora, oriundo dos dízimos, não poderiam ser gastos com drogas impunemente.

“O dinheiro dos dízimos e das ofertas não podem ir para droga, e ainda mais pra quem está fazendo isso sobre o púlpito”, escreveu Romanini. “Hoje faço isso para que ela tome consciência dos atos… posso até estragar uma coisa linda que muitos admiram, inclusive eu, porém eu prefiro uma Daniela fora do palco do que uma na vida das drogas”, justfica-se.

Pelo relato de Victor Romanini, ele teria saído de Milão, na Itália, para viver com Daniela Araújo no Rio de Janeiro. A cantora, divorciada do também cantor Leonardo Gonçalves, o teria conhecido durante viagens à Europa.

“Pelos meus erros – que foi estar morando com ela – peço perdão. Não só a pastores, mas a todos vocês que ouvem suas músicas… Me julguem, critiquem, mas ninguém nunca saberá como foram as coisas… Hoje as coisas mudam… se houver sinceridade, então aí sim vai começar uma mudança”, encerrou o rapaz.

Ouça a discussão (o áudio contém palavrões e gritaria):

Da Rádio Sintonia / Fonte: G.Notícias