“A morte do pastor Júlio estava relacionada a um problema de saúde e não espiritual”, diz bispo Abner Ferreira sobre pastor que se suicidou

Na quarta-feira, 13, o bispo Abner Ferreira presidente da Assembleia de Deus em Madureira (RJ), contou durante o velório do pastor Júlio Cesar, que o religioso estava sofrendo de depressão.

Abner, fez ainda um alerta sobre a importância de tratar essa doença dizendo que “Ela (depressão), assim como outras doenças precisam ser cuidadas. A morte do pastor Júlio estava relacionada a um problema de saúde e não espiritual”, declarou.

O velório foi realizado no templo sede da Assembleia de Deus Tijuca, onde o pastor Júlio foi presidente, atraindo milhares de pessoas entre membresia de todo o campo, autoridades eclesiásticas, pastores presidentes e cantores.

Após o velório, o corpo do pastor foi transladado para Goiânia (GO) onde residem os familiares do pastor e naquela cidade foi sepultado.

O suicídio

No dia 12 de dezembro, o pastor Júlio se suicidou dentro de sua residência, situada na cidade de Araruama, na Região dos Lagos (RJ). O triste ato, foi realizado no momento que ele estava só na residência, sua esposa a pastora Lenícia Bretas, participava de Culto em Ação de Graças por estar fazendo aniversário.

Da Rádio Sintonia / Fonte: Portal Padom