Cantora usou Instagram para falar sobre cura após polêmica

Daniela Araújo diz que se sentiu “rejeitada pela religião”

A cantora e compositora paulista, Daniela Araújo, postou no primeiro dia deste ano um longo texto em sua conta no Instagram falando sobre o mal em sua vida. Essa é a primeira vez que Daniela fala sobre cura após seu ex-namorado ter divulgado gravações dela em discussões por causa de drogas.

“No ano de 2015 e 2016 me vi tão sozinha e desesperada, o que me levou a acreditar em mentiras e a fazer escolhas erradas e a quase desistir de tudo. Não estou justificando nada, fui fraca e despreparada para a batalha e a responsabilidade foi toda minha. E o pior aconteceu!”, conta Daniela.

A cantora alega ter se sentido rejeitada pela religião, companheiros de caminhada e até por pessoas que ela já ajudou um dia. Com isso, gerou em seu coração revolta e solidão.

“Desde criança, o mal trabalhava na minha mente para que eu me sentisse rejeitada pela Igreja; por, às vezes, me sentir sozinha em meus ideais e por ter sido abandonada por muitos que eu achava que eram companheiros de caminhada, principalmente os que um dia eu ajudei. Tudo isso foi coisa do mal, deveria ter encarado tudo de outra forma, mas não fui capaz. O que me rejeitou foi a religião! Graças a Deus não tenho mais mágoas, mas tudo isso me causou um sentimento de revolta”, diz.

Na postagem Daniela ressalta a importância das mensagens de carinho que recebe de algumas pessoas, pois assim ela alimenta sua esperança e consegue alcançar a cura.

“A minha cura veio de vocês, tanto dos que me abraçaram quanto dos que me condenaram. Mas em todo esse tempo, nunca perdi a esperança e a fé. Deus esteve sempre comigo, não me deixou morrer, Ele me guardou”, afirmou.

Em outra parte da publicação, a cantora enfatiza que um dia terá a chance de testemunhar sobre tudo o que aconteceu em sua vida.

Muitos me cobram explicações, mas eu sei que terei oportunidade de contar meu testemunho para a edificação de muitos na hora certa, e espero que vocês estejam presentes para que Deus seja glorificado”, conta Daniela.

Da Rádio Sintonia  /Fonte: Gospel Prime